Grupo de Estudo sobre Violência e Gestão de Conflitos

News

Via painel acadêmico -Construir prisões não é resposta adequada para questão penitenciária no Brasil, diz especialista

Entrevista ao site UOL (Painelacademico) – Giane Silvestre: Massacre de Manaus; Construir prisões não é resposta adequada para a questão penitenciária no Brasil – 05 de janeiro de 2017

Jacqueline Sinhoretto: “País negligencia o crime organizado e combate o inimigo errado”-Entrevista ao site de notícias Brasil de Fato

Entrevista ao site de notícias Brasil de Fato – Jacqueline Sinhoretto: “País negligencia o crime organizado e combate o inimigo errado, afirma pesquisadora”, 10 de janeiro de 2017

“Confrontos” de ROTA: uma intervenção policial com “resultado morte” no estado de São Paulo

MACEDO, H. L. S. “Confrontos” de ROTA: A Intervenção policial de “resultado morte” no estado de São Paulo. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos no dia 10 de Dezembro de 2015.

Perfil racial en la seguridad pública en Brasil

SINHORETTO, J.. Perfil racial en la seguridad pública en Brasil. In: Jose Vicente Tavares dos Santos; César Barreira. (Org.). Paradoxos da segurança cidadã. 1ed.Porto Alegre: CLACSO/Tomo editorial, 2016, v. 1, p. 439-452.

O encarceramento em massa em São Paulo

SINHORETTO, JACQUELINE; SILVESTRE, GIANE ; MELO, FELIPE ATHAYDE LINS DE . O encarceramento em massa em São Paulo. Tempo Social (USP. Impresso), v. 25, p. 83-106, 2013.

État, marchés et crime : une étude sur la Commission parlementaire d’enquête sur le narcotrafic au Brésil

SINHORETTO, J.. État, marchés et crime : une étude sur la Commission parlementaire d’enquête sur le narcotrafic au Brésil. L’Ordinaire des Amériques, v. 216, p. 1234, 2014.

Juventude e violência policial no Município de São Paulo

SINHORETTO, J.; SCHLITTLER, M. C. ; SILVESTRE, GIANE . Juventude e violência policial no Município de São Paulo. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 10, p. 1, 2016.

Reforma da justiça (estudo de caso)

Uma etnografia dos serviços de justiça nos Centros de Integração da Cidadania permitiu analisar rituais informais e formais de resolução de conflitos praticados por Polícia Civil, Ministério Público e Judiciário, no âmbito de um programa de integração de serviços

Linchamentos: insegurança e revolta popular

estudo de quatro casos de linchamento ocorridos em bairros populares de grandes cidades brasileiras (no Estado de São Paulo) permitiu observar conexões entre essas ações populares violentas e o contexto de crescimento da insegurança urbana, no período de intensa urbanização que marcou os anos 1980 no país.

Controle social estatal e organização do crime em São Paulo

Este artigo relata o estudo aprofundado de dois casos de reações estatais a um mecanismo de administração de conflitos mobilizado por agentes de redes criminais em São Paulo — reconhecidas por instituições e agentes estatais como “crime organizado”: o chamado “debate”. Isso permitiu perceber duas estratégias principais para lidar com o crime: uma militarizada, utilizando como táticas fundamentais a letalidade policial e a investigação sigilosa e outra baseada na judicialização e no direito penal. E duas estratégias complementares: a não formalização da administração estatal de conflitosos e a emergência de programas de prevenção à violência e ao crime.

Desenvolvido por GEVAC. All Rights Reserved ©